sexta-feira, 7 de março de 2008

Flutua - Principessa

Um momento que congela no espaço
Um silêncio repleto de momentos
Num espaço de tempo intemporal
Cheio de palavras poucas e insuficentes
que nem interessam, não enchem
um momento muito doce, puro e irreal

Dorme, aninha-te no meu ventre
Deixa que o silêncio nos envolva
em espirais de azul transparente

1 comentário:

  1. E brilhantes estrelas amarelas:)

    Beijos para as princesas:)

    ResponderEliminar