quinta-feira, 8 de julho de 2010

Exigente...

Mas...
Eu não sou exigente!

Não percebo...

Como o posso ser, quando não peço?
Apenas porque me queixo que tenho falta de carinho?
Eu tenho... falta... de carinho...
Eu sinto a falta de alguém que eu ame e que me ame de volta
Que me mostre, e não se esconda, que sou o seu amor
Que lute, como eu sempre lutei, por manter ligado esse túnel, de amor puro, sem restrições...

Eu sinto a falta de um abraço,
de um carinho,
de um estou aqui,
de um deixa-me ficar assim abraçado para o resto da vida.

de um olhar... "Não estás sozinha"
daquele olhar... "saudades tuas..."

de um entrelaçar de dedos... "vamos à rua?"

... de certo será pedir muito:
de um abraçar terno, sussurado ao ouvido... "dorme bem meu amor".

... de não me sentir sozinha no meio do túnel.

1 comentário:

  1. Lua e sua veia poética!!!! gostei!
    eu queria alguém assim amando-me...

    ResponderEliminar