sábado, 12 de janeiro de 2008

Quero de volta

Mesas de fumadores cheias de gente
Esplanadas a rebentar de vida
Inquietação no que será o amanhã
Cortes de cabelo mais que perfeitos
Pipocas salgadas e salteadoras
Sorrisos de ironia, gozo e vitória
Palavras doces em frases mentira
Sobrancelhas lisas e cheias
Olhos tristes penetrantes e expressivos
Mentiras brancas que vão aquecendo
Verdades negras que escondemos
Esperança em virar de páginas
Músicas frenéticas esquecidas

Quero de volta o meu primeiro beijo...
A ansiedade do encontro, a ternura dum olhar
Do beijo esfomeado e interminável
Palavras tontas repetidas a todo o momento
O sofrimento da distância prestes a terminar
O despir de roupas e preconceitos em câmara lenta
A respiração como o único som do universo
O bater do coração como a única vibração
Dançar, correr, brincar e rebolar no meio da relva
Jogar às escondidas e apanhar com um beijo
"Sabias que és linda?"
Piqueniques improvisados num jardim
Noites de fugida para um qualquer lugar insuspeito
De um olá, estava com saudades...
De um olhar de lá, sou teu...
Um abraço despropositado no meio da rua
Um não saber viver sem
Um não querer saber de amanhã
Um sem planos, com amor
Um hoje amoroso para sempre
Sentir que a terra por momentos gira à minha volta...
Acreditar que sou vida para alguém

1 comentário:

  1. Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.

    ResponderEliminar